O piedoso corredor

Uma vez, já faz tempo, eu comentei aqui por algum motivo sem importância que por boa parte da minha vida não conversei com uma das minhas primas. Seria normal, se não fosse pelo fato de ela ser a única que eu tenho por parte de mãe e ser essa parte da família a mais unida.

Atualmente nos falamos normal. Ouso dizer que nos damos bem, conversamos e até rimos juntas. E hoje, é o aniversário dela.

Acordei cedo como sempre. Passei em uma loja de chocolates e comprei os mais gostosos. Como um desejo de uma vida extremamente doce.

Fui até o local de trabalho dela. Estava lá, atendendo uma mulher. Sempre tão dedicada no que faz. E eu esperei no balcão.

Devido ao tempo que não para nunca, consegui somente lhe abraçar e fazer meus votos de paz, luz e sucesso. Ela precisava trabalhar e eu, também. O tempo é um eterno corredor. Que só anda para frente.

Ele não perdoa as pessoas que fazem coisas para o perderem. E foi o que nós fizemos. Durante o abraço eu percebi como me fez falta abraçar ela em momentos marcantes da vida de ambas. E eu não o fiz. E ela não o fez. Quanto tempo perdemos.

Daí chegam e me dizem que eu não tenho nem vinte anos. E o que me resta contra argumentar? Graças a Deus! Doeu perceber no dia hoje o tamanho da minha perda: o fim de uma infância e o passar de uma adolescência. Tudo isso passou. E eu não tive minha irmãzinha do meu lado.

O tempo é corredor, mas sabe também ser piedoso. Pena que independa tanto dele e dependa tanto de nós.

9 comentários:

Quase Trinta disse...

O tempo realmente é implácavel e não perdoa.
Mas como alguém já disse "Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim ".

A infância vcs perderam, mas ainda tem uma juventude inteira pela frente pra compartilharem muitos abraços, choros, alegrias e aventuras

Yaas disse...

Odeio como o tempo passa rapido. Também tenho uma prima assim, mais com a diferença que quando eramos menores, nos odiavamos. Hoje, vemos o quanto perdemos, e que não podemos mais recuperar o tempo perdido.
A vida passa, e quando menos esperamos, vemos que passou bem mais do que achavamos.
Beijos :*

teaguentanosalto disse...

Mas, tem muuuuito tempo pela frente! o que já foi, já foi!
tu escreves muuuuito bem! muito gostoso de ler! beijos, L.

Doces Deletérios disse...

Graças a Deus que você se deu conta em tempo. E aqueles para quem o tempo passa implacável e sequer vêem o tempo que perdem?

Beijocas
www.lizziepohlmann.com

kellen valeska disse...

Oie..
1° vez aqui!
Gostei do blog,e principalmente do nome do blog!heheh

Há eu tbm tinha uma prima por parte de pai q mal nos falavamos,eu e as minhas outras duas primas deixavamos ela sempre de lado,e quase nunca agente se falava!E ela se sentia a excluída!

Mas como o destino nos prega mts surpresas,quando mudei de escola para fezer o 1° colegial,ela saiu na mesma sala q a minha,é como era escola nova eu não conhecia ninguém,então começamos a nos aproximar,e hj somos inseparavéis,hj estou mt mais tempo com ela do q com as minhas outras 2 primas!

E isso me mostrou quanto tempo perdemos,por deixar certas pessoas de lado,hj tenho ela como minha grande amiga!E mas do q prima!

E hj vejo o quanto o tempo passa rápido ,e q devemos sempre estar ao lado das pessoas especiais!

Seu post até me deu uma ideía,para fazer um post


Ótimo post

bjo;)

Tassi disse...

Gabi..
saudade de tu, menine! *-*
E sobre meu post, fizeste mesmo parte da retrospectiva e nunca esquecerei o voto de confiança e credibilidade que depositaste em mim, viu? =)


Sobre o post..
O corredor da vida. As marcas do tempo. Os erros que pedem pra ser corrigidos, por que SEMPRE há tempo. =]A vontade de acertar e recuperar o que outrora não era "importante", mas agora, ganha vida entre si.


Cultivem isso, é pra vida toda.


Beijo enorme, lindona!

Pelos caminhos da vida. disse...

Não podemos voltar atrás consertar,mas tem o hoje,o amanhã e porque não??

beijooo.

Marcella disse...

O tal do tempo! Ah, como queria tê-lo ao meu favor para dar atenção a todas pessoas que amo e ainda dar atenção a mim mesma! rsrs
Beijos gabi!

Martinha disse...

O tempo passa por nós a uma velocidade incrível! Se não soubermos retirar essas "piedades" e bens do tempo, ele foge-nos por entre os dedos...
:/
Beijinho *